29/01/2019 00:00

Como se conectar com a sua espiritualidade

A espiritualidade é aquilo que produz uma mudança pacífica e amorosa no interior de cada pessoa. Conheça a importância de se conectar consigo mesmo e cultivar a espiritualidade no seu dia a dia.

O ritmo acelerado do trabalho, da família e dos estudos consome muito tempo do dia a dia das pessoas. Todas essas atividades fazem com que muitas pessoas esqueçam de fazer algo tão importante quanto se conectar com o lado espiritual.

 

Quando falamos em espiritualidade não estamos falando apenas de religião. A espiritualidade está relacionada ao seu ser e ao que existe dentro de você: o amor, o caráter, a forma como você se relaciona com as outras pessoas e a sua essência. A verdade é que a espiritualidade não possui um significado único para todos. Há diversas formas de interpretá-la, para que se possa entender o que ela representa para você e como ela pode transformar a sua vida.

 

Viver uma vida feliz depende de como está a sua vida interior. Pensamentos, emoções, crenças e desejos dizem muito sobre como você está se sentindo. Se não houver paz interior, você jamais encontrará o seu bem-estar e a sua tranquilidade. Ter espiritualidade é justamente isso: ter uma paz interior, que vai permitir que os seus valores o guiem sobre como você irá interagir com o mundo a sua volta. Acredite: a espiritualidade vai te preencher como nenhum bem material jamais fará.

 

Existem inúmeros ganhos em encontrar a espiritualidade:

 

Você terá mais harmonia nas relações interpessoais.

Quando você estiver espiritualizado, você já terá encontrado as suas verdades. Quando você olhar para o seu próprio eu, provavelmente passará a conhecer mais os seus limites, os seus valores e o que você realmente espera das outras relações. Desta forma, você poderá estabelecer o limite que as outras pessoas têm na sua vida, e assim não irá permitir que elas te afetem com mau humor, ofensas e negativismo.

 

- Você terá mais prazer em viver

Quando você está espiritualizado consegue ver o melhor em cada momento. Quem tem paz interior percebe que a felicidade não depende de grandes acontecimentos ou muito dinheiro. Assim, é possível sentir mais prazer nas pequenas coisas da vida, como passear, ler, cozinhar e ajudar as outras pessoas.

 

- Você fará tudo com mais amor

Você já deve ter ouvido falar que quando fazemos com amor tudo fica melhor! E é a mais pura verdade! Quando estamos espiritualizados, conseguimos sentir felicidade ao ter a oportunidade de fazer o nosso trabalho e viver as experiências do dia a dia. Assim, colocamos mais amor em nossas atitudes e conseguimos sentir uma felicidade inabalável!

 

São muitas vantagens, certo? Mas você deve estar se perguntando: como faço para me conectar com a minha espiritualidade? Comece eliminando todos os preconceitos da sua vida! Se você deseja iniciar esse caminho, mas não sabe por onde começar, os livros podem te dar um direcionamento e mais embasamento para seguir o seu trajeto. Além disso, a natureza também tem um papel importante nesse processo. Tente, pelo menos nas horas vagas, visitar um parque, ir para o interior ou para a praia.

 

E por último, não esqueça de se conectar com você mesmo! Para ter paz de espírito, você precisa entender o que te faz se sentir bem energizado, positivo e de bem com a vida. Por isso, procure ouvir o seu coração e entender quais são os seus interesses e quais são as suas prioridades. Atreva-se a buscar um novo sentido para a sua vida, atreva-se a escolher o caminho da vida franciscana!

 

Atreva-se

O que te motiva? Atreva-se é uma campanha dos Frades Capuchinhos do Brasil para que os jovens conheçam mais sobre vida franciscana e escolham seguir este caminho. Aqui, a sua motivação é essencial para transformar o mundo em um lugar melhor.

Leia Também
Caminhada ecológica envolve a comunidade de Sapopemba, SP
21/08/2018 06:00

Recentemente, foi realizada na cidade de Sapopemba, Zona Leste de São Paulo, uma caminhada ecológica em defesa da paz e do meio ambiente. Na ocasião, foram convidadas as crianças e adolescentes do CECAPAS (Centro Capuchinho de Ação Socioeducativa), que junto de seus responsáveis, foram guiados pelo Frei José Longarez até o Viveiro Parque Linear de Integração Zilda Arns.

O principal objetivo do percurso era chamar a atenção do poder público para a sujeira e falta de saneamento da região. Além disso, os participantes aproveitaram para pedir pela conscientização dos moradores da proximidade, uma vez que é dever de todos zelar pelo lugar onde vivemos. 

E não foi só isso. No fim, todos puderam participar de uma oficina sobre manejo de horta no Parque Linear e assim, juntos, construir uma horta comunitária. Além do contato com a terra, a mobilização proporcionou um momento coletivo onde todos puderam mudar um pouco mais do meio em que vivem.

E qual é a sua causa? Mudar o seu bairro, estado ou país? Prefere cuidar da natureza ou dos animais? Então lembre-se que aqui você terá espaço para isso. A sua causa é a sua motivação, e a sua motivação transforma. Clique aqui e cadastre-se.

LEIA MAIS
5 fatos sobre a vida franciscana que você nunca imaginou!
21/08/2018 06:00

Antes de começar, precisamos explicar para você que um dos principais pilares que sustentam a vocação franciscana é a fraternidade. Em outras palavras: um título que nos transforma em irmãos de tudo e todos. É por isso que dizemos que nenhum frade vive sozinho ou em solidão. 

Além disso, na nossa fraternidade não existem chefes, senhores, abades ou priores, porque todos têm o mesmo caráter: o de serem simplesmente irmãos menores em missão. Assim, podemos dizer que o nosso estilo de vida não é formado por uma organização “vertical”, mas, sim, muito mais “horizontal” e coletiva. Certo?
Então, agora, vamos conhecer um pouco mais sobre a vida franciscana?


1-    Liberdade também é um pilar.
Existe um longo percurso de estudos e dedicação para quem deseja seguir a vida franciscana. Além disso, aqui, aprendemos a viver com simplicidade e perto da natureza. Mas isso não significa ter uma vida de enclausuramento, longe de tudo e todos. Nossa vida continua sendo a mesma: nos divertimos, temos hobbys, praticamos esportes (de futebol a escalada), trabalhamos (como engenheiros, advogados, filósofos, professores, jornalistas), rimos, ouvimos músicas, dirigimos e andamos tranquilamente pelas ruas quando queremos.


2-    A diversidade faz parte e nos fortalece.
Acreditamos que as nossas diferenças são capazes de tornar a vida em fraternidade mais forte e completa. Enquanto alguns freis estudam engenharia, outros preferem filosofia. Tem aqueles que escolhem biologia e os que preferem manter-se na teologia. Aqui, você é livre para ser você, ter os seus hobbys e o seu ritmo. O que importa é a vida em fraternidade, sem posses e com o coração desprendido, onde juntos somos um. 


3-    Defendemos causas da sociedade
Seja em defesa da natureza, de uma comunidade carente que foi esquecida pelo estado, que sofreu com um desastre natural (como o terremoto do Haiti) ou até uma ação mais simples em prol dos animais. É essa crença que torna a missionalidade um pilar tão importante da vida franciscana. Com pequenas ações, paciência e muita insistência, o nosso trabalho muda o entorno, tornando a vida mais digna, proveitosa e alegre.


4-    Somos simples (e muito felizes)
Simplicidade não é ser miserável. Na verdade, quando falamos sobre simplicidade, falamos sobre viver com o que precisamos (e só). Sem luxos e sem excessos. Ao longo dos anos, aprendemos como o contato com o meio ambiente é importante e faz bem, como ler um bom livro pode confortar a alma e como uma conversa sincera com nós mesmos (ou com o próximo) enriquece o espírito. Além de uma vida mais leve, essas crenças contribuem para um mundo mais sustentável e consciente.


5-    Não estamos off!
Pelo contrário, estamos muito conectados. Com o mundo, com as pessoas e com a comunidade. A diferença é que, uma vez que aprendemos a valorizar uma vida mais simples, descobrimos como o “mundo off” pode ser muito mais colorido, tranquilo e estimulante. Ao mesmo tempo em que viajamos pelo mundo inteiro, fazendo o bem e transformando o mundo sem pensar em fronteiras, também navegamos pela internet para nos mantermos atualizados sobre tudo o que está acontecendo aqui e agora, em todo o lugar.


A vida franciscana é para todos os homens que tem Deus no coração e tem motivação para transformar o mundo. Se você chegou até aqui, é porque você tem tudo isso. Que tal começar aos poucos? Atreva-se a cadastrar-se e ficar por dentro das nossas ações dentro da sua comunidade, para isso, é só clicar aqui.
 

LEIA MAIS
Pensando no futuro: conheça a creche Chapeuzinho Marrom
21/08/2018 09:00

Há mais de 30 anos, a instituição Chapeuzinho Marrom atende crianças de 2 a 4 anos. São filhos de mães trabalhadoras, crianças em risco social e nutricional e portadoras de deficiência. Localizada no Complexo do Turano, entre os bairros da Tijuca e Rio Comprido, a instituição é credenciada pela Secretaria Municipal de Educação e segue as orientações dos Parâmetros de Qualidade para Educação Infantil do Ministério da Educação.

Quem mantém o espaço destinado aos pequenos é o Santuário Basílica de São Sebastião, dos Frades Capuchinhos. O trabalho coordenado permite que as crianças tenham alimentação balanceada e de qualidade, contem com um ambiente limpo, acolhedor e seguro.

Você costuma pensar em crianças em situação de risco? Não sabe por onde começar para ajudá-las? Então cadastre-se neste link que nós ajudamos você com informações sobre a sua comunidade.

LEIA MAIS